A sociedade mudou nas últimas décadas: Os papéis dos pais se alteraram. O casal compartilha o orçamento doméstico. Os filhos têm inúmeras fontes de informação e seu guia-orientador não é mais único. A “escolinha” ocupa espaço no desenvolvimento infantil bem cedo. A “formação” mudou.
As necessidades humanas para a formação emocional saudável não mudaram. Como enfrentar esse conflito?

O Poder dos Pais no Desenvolvimento Emocional e Cognitivo dos Filhos é o meu penúltimo livro. Nele busco mostrar as vivências que, oferecidas à criança principalmente na gestação e primeira infância, favorecem seu desenvolvimento saudável e contribuem para que ela realize seu potencial.
O foco principal é relação entre o “cuidador” e a criança porém trata também dos principais distúrbios e dificuldades atuais. Discorre em detalhes sobre o poder dos cuidadores na formação emocional e intelectiva.
Solicite em sua livraria preferencial ou à Editora.